terça-feira, 28 de outubro de 2008

Medo de cirurgia

Mês que vem terei que fazer uma cirurgia de retirada de tireóide e o medo esta me atormentando....!
A simples menção da palavra cirurgia é suficiente para me deixar de cabelo em pé. Por conta desse meu medo, insegurança e minha falta de informações; Acabei deixando a cirurgia para depois. Mas à medida que o tempo passou, o meu organismo debilitou se de tal forma que a operação se transformar numa questão de urgência.
Tenho muito medo. Medo do que podem encontrar durante a operação. Digamos que abram a gente e encontrem lá dentro algo extremante ruim. Só de pensar já me dá arrepio! E o fato de ficar anestesiada ou num estágio de perda de consciência, o que, de forma inconsciente, está relacionado à morte.... ai.... que pavor.... Como você vê, não é sem motivos que tenho tanto receio de me submeter a uma cirurgia de retirada da tireóide. Então o que fazer? Como lidar com esse medo?
Contudo o que parece simples para os médicos - afinal, operar os outros é o ofício deles - para a grande maioria dos mortais soa como algo assustador, ameaçador. Quem já passou por esse tipo de situação sabe bem como é.
Por outro lado, a idéia de que vou me livrar do incômodo da doença, ou de que não tenho escolha, esta me servindo de consolo e me dando motivação para criar coragem de alguma forma.
De uma coisa eu sei: o desconhecido sempre provoca medo. Por isso, estou extraindo o maximo de informação, pois quanto mais eu conversar com meu médico, mais segurança terei quanto aos procedimentos aos quais eu serei submetida. Melhor: poderei avaliar o quanto vou ganhar em qualidade de vida depois da cirurgia e se a recomendação é a cirurgia, o jeito é vencer o medo, e encarar o problema de frente.

2 comentários:

daniel disse...

Regi

Para os médicos cirurgiões, falar de cirugia é com falar em chá e torradinhas.
Por vezes da cirurgia, depende a vida, como já me aconteceu! passaram oito, anos e nunca senti fastio ou dores.
Só estou com mais anos, mas amo a vida.
Beijo,
Daniel

Desnuda disse...

Amiga Regi,

Fiquei feliz com sua visita ao Desnuda...Acho que ainda não tinha ido por lá... Agora vamos falar um pouquinho do teu texto. Amiga, entendo perfeitamente o medo, os milhares de pensamentos por segundos que temos. Mas não se pode adiar por medo o que certamente irá nos curar também do medo. Sim! Porque ficará curada, tratar-se-á e impedirá que este processo de demora prejudique a sua saúde. Pense no melhor!


Grande beijo