sexta-feira, 3 de outubro de 2008


Como descrever o inicio do nosso amor!?


Primeiro timidez, depois conversa séria, depois risadas, quase sempre risada. No meio: olhares, incertezas, medo, declarações, músicas cantadas, cantadas musicais, mão na mão, sorriso sem graça, olhares, é um quietinho, enquanto o outro vem provocar, são os dois quietos, cada um no seu canto, mas sabendo exatamente (ou quase) o que se passa na cabeça do outro. Carinho explícito. conversas no MSN, brincadeiras que só nós dois sabemos e o quanto são verdadeiras, boa conversa, conselhos, é olhar no meio do dia, no início do dia. no fim do dia, é fantasia, é loucura, é um mundo paralelo, é uma realidade irreal, é um desejo secreto, desejo guardado, grande, bom, talvez seja uma idiotice deixá-lo escondido, talvez não, acredito em ti, tu sabes... palavras tuas: tudo tem o seu tempo...
Tempo este que chegou e hoje é realidade e você esta aqui e espero que seja pelo resto da minha vida!

Para meu amado esposo..... David

2 comentários:

Valdeir disse...

Olá, Regi! Tudo bem? Bonita homenagem. Parabéns para você e seu esposo. Que Deus abençoe vocês dois.

☆ Sandra C. disse...

Noooosss....
Pena que não existem muitos "Davids" espalhados por aí e, se tem, não é para qualquer uma..

Parabéns, linda a homenagem!