segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Dias melhores virão?!

Se não tivéssemos a mínima esperança de que dias melhores virão, não teríamos forças para viver. Mesmo o mais pessimista dos homens tem lá uma pontinha de anseio de que as coisas sejam melhores um dia. Isso é esperança. Até o desespero é uma prova de que há esperança, porque só há desespero onde há (ou já houve) esperança.
A cristandade crê que haverá um dia em que tudo vai mudar e que o Reino de Deus será estabelecido plenamente. Entretanto, alguns crêem que esse mundo, tal como conhecemos, tem que piorar cada vez mais até que haja uma intervenção divina e, de uma só vez, tudo se acabe e seja refeito.Também existe um saudosismo, que parece recorrente, de que no passado as coisas eram melhores, o mundo era melhor e que só está piorando. Será? Não sei, não. Por pior que seja a medicina de hoje, eu não gostaria de ser tratado por um médico do século XV.
O mundo parece estar um pouco melhor do que já foi, mas, a despeito disso, ainda está longe de ser o ideal. De quem é culpa? Talvez ele esteja olhando para você no espelho. O mundo é o que fazemos dele. E o que temos feito?
Não sou uma pessoa de frequentar assiduamente a Igreja, mas não deixo de ter fé e procuro ver Deus de uma maneira boa e não como uma pessoa vingativa, que esta esperando a hora certa para vir a terra trazer a destruição. Pra mim, é como ver Deus como um pai que bateu em seu filho por te feito alguma arte e se ela fizer de novo ela irá levar outra surra. Não devemos ter medo de Deus e sim respeitá-lo.
Será que a utopia de dias melhores, num mundo em que as pessoas crêem em Deus castigador, vira apos Destruição dos “pecados”? Será que só assim teremos em fim a tão sonhada paz, justiça e alegria? Devemos então cruzar os braços e apenas esperar tudo isso chegar? Creio que não! Devemos transformar nossa esperança em combustível para a concretização do tão sonhado mundo de paz, porque, na verdade, cruzar os braços é uma demonstração de falta de esperança e pouca (ou nenhuma) fé.
Há esperança sim para esse mundo! Dias melhores poderão vir, mas os responsáveis por isso somos nós mesmos. Omitir-se, ficar indiferente ou querer que tudo vá de mal a pior é descrer nas promessas de Deus, negar a fé e vilipendiar a esperança. Porque o mundo já esta pronto e quem esta modificando ele somos nos, por tanto, cabe a nos modificá-lo de maneira proveitosa!

Um comentário:

☆ Sandra C. disse...

gostei disso

'até onde há desespero significa que já houve esperança'.

não sou a melhor pessoa para comentar essa postagem. mas admiro a sua fé.